Página anterior    Melody Assistant    Página seguinte 
 

Introdução
Produtos
What's new ?
Manipulação
Notação
Introdução
Teoria Musical
Considerações gerais
Glossário
Modelos
Positionning
Discontinuous selection
Targets
Tie, slur and beam
Tablaturas
Pautas Multi-vozes
Color notation
Notação Gregoriana
Símbolos de Interrupção
Clave
Armadura
Formúla de compasso
Dinâmica
Andamento
Letras/Karaoke
Objectos livres
Textos especiais
Tipos de letra
Escutar
Dispositivos/scripting
Virtual Singer
FAQ
Licença de utilização
Ajuda Técnica
Apêndice
Impressão do Manual


Novo capitulo : Em Inglês :

 
 

Revisão da Teoria Musical

Considerações gerais

Neste programa, a música é escrita no modo clássico: notas dispostas sobre pautas agrupadas na partitura, são a representação mais utilizada no mundo musical.

Vamos agora rever as noções básicas. Se já está familiarizado com a teoria musical e o seu vocabulário, pode avançar para o capítulo seguinte.

 
Nota : É claro que, a teoria musical não poderá ser aqui explicada em detalhe. Para aprofundar mais os seus conhecimentos neste campo, convidámo-lo a ler um livro especializado nesta matéria.
Uma composição é escrita numa partitura (o conteúdo do documento na janela principal do programa). Uma partitura está dividida num determinado número de pautas, cada uma representa o que é tocado por um único instrumento.

A pauta é constituída por cinco linhas horizontais:

_________________
_________________
_________________
_________________
_________________


As notas são escritas nas pautas. Uma nota define o som a ser tocado num determinado momento por um instrumento. As notas podem ser escritas nas linhas ou espaços da pauta.

A nota, graças ao seu aspecto e à sua posição, permite definir simultaneamente três parâmetros:

- A posição vertical da nota define a sua altura (aguda ou grave). Quanto mais alta a nota está sobre as linhas ou os espaços superiores da pauta, mais aguda ela é.
- A posição horizontal da nota define o momento em que é tocada. Assim, o eixo horizontal da pauta define uma escala de tempo crescente da esquerda para a direita. Se colocar duas notas na mesma coluna, estas serão tocadas simultaneamente. É um acorde.

- A forma da nota define a sua duração. A duração standard das notas está definida na notação musical; cada nota é duas vezes mais longa que a seguinte. Assim, tem:
A semibreve  é igual a duas mínimas:  , cada mínima é igual a duas semínimas:  . Cada semínima é igual a duas colcheias:  , cada colcheia é igual a duas semicolcheias:  , cada semicolcheia é igual a duas fusas:  ...

Pausas são sinais que servem para indicar silêncios. Da mesmo modo que as notas, estão organizadas pela sua duração que decresce por um factor de dois. Os nomes dados às pausas são de acordo com a sua duração, portanto encontrará a pausa de semibreve, pausa de mínima, etc.

As pautas estão divididas em compassos, separadas por linhas verticais colocadas regularmente na pauta. Os compassos dividem a pauta em intervalos regulares.

Finalmente, à esquerda de cada pauta está uma clave. A clave dá-nos diversas informações:

- A forma da clave indica a correspondência entre as linhas da pauta e a altura das notas correspondentes.

Assim a clave de sol (tessitura aguda) indica que a linha inferior corresponde a um Mi, o espaço entre as duas linhas inferiores a um Fá, a linha acima a um Sol, e assim sucessivamente nesta ordem: Mi, Fá, Sol, Lá, Si, Dó, Ré, Mi, Fá, Sol,...

Na clave de Fá (tessitura grave), a linha inferior corresponde a um Sol, e subindo, Lá, Si, Dó, Ré, Mi, Fá,...



- Imediatamente à sua direita, dois números, por ex:  . estes indicam a formúla do compasso, ou seja a longitude de cada compasso. 4/4 Significa que um compasso corresponde à longitude de 4 semínimas, de uma semibreve, de duas mínimas, de oito colcheias, etc.



(c) Myriad 2012