Página anterior    Harmony Assistant    Página seguinte 
 

Introdução
Produtos
What's new ?
Manipulação
Notação
Escutar
Dispositivos/scripting
Virtual Singer
Introdução
Criação rápida
Cantar o FaSoLa
Gregoriano
Jazz Scat
Midi & ABC
Regras de escrita
Aspectos técnicos
Configuração
SAMPA
Perguntas Mais Frequentes
Comandos
Real Singer
Introdução
Gravando a voz
Ajustando fonemas
Factores a considerar
Ajustes fonéticos
Aspectos técnicos
Bibliografia e agradecimentos
FAQ
Licença de utilização
Ajuda Técnica
Apêndice
Impressão do Manual


Novo capitulo : Em Inglês :

 

RealSinger


Ajustando intervalo de selecção de fonemas


Após gravar cada palavra, o programa tenta localizar um fonema nesta palavra (aquela escrita em maiúsculas na palavra de amostra), e liberta a outra parte da palavra.
Umas vezes consegue, outras não. Pode manter a parte seleccionada pelo programa, ou fazer a sua própria. Por vezes o seu ouvido é melhor do que a análise matemática feita pelo programa, portanto recomendamos que encontre o seu intervalo na amostra gravada, mesmo que o resultado pareça estar correcto.

Abaixo está uma lista de diversos tipos de fonemas que lhe poderão ser pedidos para gravar, e qual a zona que o programa espera encontrar seleccionada antes da validação.


Obturação


Ao falar uma expressão com consoante plosiva (G, B, D), um momento antes desta consoante ser dita, a boca fecha-se completamente, e o som da voz é abafado durante um curto período de tempo. Mas esta curta parte não é
completamente silenciosa : enquanto a boca está fechada,  o ar contínua a sair dos pulmões e as cordas vocais a vibrar. A pressão do ar aumenta na boca fechada até que os lábios se abram novamente, e a consoante seja emitida com uma maior potência (este é o motivo por que estes fonemas se denominam de plosivos).

Obturação é a parte com a boca fechada que pode ver no gráfico do som : um período macio limitado por fonemas fortes.

Nota para a língua Alemã :

Em Alemão, consoantes plosivas expressivas não podem ser localizadas no fim da palavra : elas são faladas como as suas equivalentes mudas (G->K, B->P, D->T).
No entanto, terá que pronunciar a consoante expressiva no fim fim da palavra. Para o tornar mais fácil, imagine que tem uma vogal muito curta após a plosiva. Por exemplo, se lhe for pedido que grave a sílaba "caB", pronuncie-a como "caB(e)" com um "e" final muito curto.


Vogais de transição (trans)


Normalmente estas vogais são usadas num formato curto (nunca prolongadas).
Terá que pronunciar a palavra alvo de uma forma um pouco diferente do que faria na "vida real", e deverá prolongar estas vogais.
Quando ajusta os limites do instervalo seleccionado, faça-o de maneira a ouvir somente esta vogal, e não a que se segue.

Vogais "Estáticas"


Chamadas "estáticas" porque o seu valor fonético não varia no tempo quando pronúnciadas.
Pode seleccionar apenas uma curta parte da vogal. Selecione a parte na qual o timbre que ouve lhe parece estar correcto, a variação da frequência e da potência não é muito importante. Quanto mais curta a parte que seleccionar, mais pequeno será o ficheiro resultante.

Nota para a lingua Alemã :
Em Alemão, existem versões "longas" e "curtas" das vogais. No entanto, de modo a permitir que o software analise dados suficientes para vogais "curtas", terá que prolongar estas vogais pelo menos meio segundo, mesmo que essa não seja a forma como elas deverão soar na língua Alemã.


Ditongo - primeira parte (diphth) - Só no Inglês -


Um ditongo é uma vogal que varia no tempo quando é pronúnciada. Assim, terá que prolongar a primeira parte do ditongo e fazer com que ele soe como uma vogal estática. Seleccione uma parte nesta fase estática.

Ditongo completo (full dipht.)  - Só no Inglês -


Aqui, terá que gravar o ditongo completo, dito de forma curta. Tenha cuidado para não baixar o volume ou frequência no fim  do ditongo (imagine que tem de dizer outra palavra a seguir a esta). Deve
seleccionar o ditongo completo. Articule correctamente mas não o prolongue demais, senão, o tamanho do ficheiro resultante aumentará...

Consoates dilatadas


Estas consoantes podem ser prolongadas. (M,N,L,S,F...).
Simule a amostra, e exactamente como nas vogais estáticas, seleccione a parte na qual o volume é mais ou menos constante.

Consoantes plosivas mudas (T,P,K)


Estas consoantes são precedidas por um curto período de "paragem glótica", uma fase silenciosa. Realce a própria consoante e faça com que o seu som seja mais ruídoso do que deve ser na vida real. Depois ajuste o intervalo seleccionado de modo que se inície logo após a paragem glótica, e termine após a consoante e o seu ruído de aspiração tenha terminado.
 

Consoantes plosivas sonantes (D,B,G)


Estas consoantes são precedidas por um curto período de "obturação" (veja em cima). Realce a própria consoante e faça com que o seu som seja mais ruídoso do que deve ser na vida real. Depois ajuste o intervalo seleccionado de modo que
se inície logo após a paragem glótica, e termine após a consoante e o seu ruído de aspiração tenha terminado.
Leia a nota especial para os utilizadores Alemães no tópico "Obturação".

Aspiração (hhh)


É o som que o cantor emite quando inspira. Respire rápidamente (menos de 1 segundo) sem som labial : abra a sua boca antes de iniciar a gravação, depois inspire como se fosse surpreendido.
Ajuste o intervalo seleccionado de forma a que ele inclua a totalidade do som (com um pequeno período de silêncio após o som).


  previous page                      next page  


(c) Myriad