Página anterior    Harmony Assistant    Página seguinte 
 

Introdução
Produtos
What's new ?
Manipulação
Notação
Introdução
Teoria Musical
Modelos
Modo Página
Modo Espaçamento
Positionning
Discontinuous selection
Views
Targets
Tie, slur and beam
Tablaturas
Pautas Multi-vozes
Color notation
Notação Gregoriana
Símbolos de Interrupção
Considerações
Barras de interrupção
Marcador de partes
Saltos/acções condicionais
Interrupções personalizadas
Clave
Armadura
Formúla de compasso
Dinâmica
Andamento
Letras/Karaoke
Objectos livres
Textos especiais
Tipos de letra
Conjuntos de carateres
Escutar
Dispositivos/scripting
Virtual Singer
FAQ
Licença de utilização
Ajuda Técnica
Apêndice
Impressão do Manual


Novo capitulo : Em Inglês :

 

Símbolos de interrupção

Saltos e acções condicionais

Saltos

Escrito no inicio de um compasso, estes símbolos permitem especificar que um salto para este compasso pode ocorrer enquanto uma composição é executada :

Segno


Se encontrado quando a composição é executada linearmente (sem salto), este símbolo não tem qualquer efeito. Ele é usado somente quando um salto para Segno é executado (veja abaixo).
Na janela de edição (duplo-clique em Segno com a ferramenta "laço")  você pode seleccionar :

  • O Número do compasso onde o sinal Segno foi inserido
  • O texto a ser apresentado na partitura.

  • Se escrever $S neste texto, esta variável será substituída na partitura pelo símbolo do Segno .
    Se escrever $N neste texto, esta variável será substituída na partitura pelo número do Segno.
    Uma moldura por baixo do campo de entrada do texto pré-visualiza o texto que será apresentado na partitura
  • Número de Segno. Permite-lhe inserir vários símbolos segno na partitura sem qualquer possível confusão.

Coda


Geralmente, é o ponto de inicio de uma secção destacada da composição, para ser executada até ao fim.
O compasso no qual o símbolo coda é incluído só deve ser atingido por um salto para coda (veja abaixo).
Se atingido enquanto a composição é executada linearmente (sem um salto), este símbolo é ignorado.
Na janela de edição (duplo-clique no símbolo Coda com a ferramenta "laço") você pode seleccionar :
  • O Número do compasso onde o sinal Coda foi inserido
  • O texto a ser apresentado na partitura.

  • Se escrever $C neste texto, esta variável será substituída na partitura pelo símbolo Segno  .
    Se escrever $N neste texto, esta variável será substituída na partitura pelo número do Coda.
    Uma moldura por baixo do campo de entrada do texto pré-visualiza o texto que será apresentado na partitura
  • Número de Coda. Permite-lhe inserir vários símbolos Coda na partitura sem qualquer possível confusão.

Acções condicionais

Escritos no fim do compasso, estes símbolos afectam o modo como a composição é executada somente quando determinadas condições são satisfeitas.

Fine
Determina o fim da composição. No entanto, a execução só termina se :

  • Ou é a última vez que o compasso é executado
  • ou um salto com activação de condição (D.C. al Fine ou D.S. al Fine ) foi executado anteriormente.
Na janela de edição (duplo-clique no símbolo Coda com a ferramenta "laço") você pode seleccionar :
  • O Número do compasso onde o símbolo Fine foi inserido
  • O texto a ser apresentado na partitura.
    Uma moldura por baixo do campo de entrada do texto pré-visualiza o texto que será apresentado na partitura
  • Acção a ser executada (por defeito, "Pára a Musica") *
  • Condição de activação (por defeito : nenhuma) *
  • Quando a acção deverá ser executada (por defeito : última vez) *
De maneira a que o símbolo Fine seja processado de um modo regular, os campos marcados com * devem ser deixados com os seus valores por defeito.
Alterando-os, você cria uma interrupção definida pelo utilizador. Por favor leia este capítulo para obter uma lista detalhada de todas as opções.

Da Coda (Da  )


Salta para o compasso que contém o símbolo coda. No entanto, este salto só é executado se :

  • Ou é a última vez que este compasso é executado
  • ou um salto com activação de condição (D.C. al Coda or D.S. al Coda ) foi executado anteriormente
Na janela de edição (duplo-clique no símbolo Da Coda com a ferramenta "laço") você pode seleccionar :
  • O Número do compasso onde o símbolo Fine foi inserido
  • O texto a ser apresentado na partitura.

  • Se escrever $C neste texto, esta variável será substituída na partitura pelo símbolo Coda  .
    Se escrever $N neste texto, esta variável será substituída na partitura pelo número do Coda para onde saltar.
    Uma moldura por baixo do campo de entrada do texto pré-visualiza o texto que será apresentado na partitura
  • Acção a ser executada (por defeito, "Go to Coda") *
  • Número do Coda para onde saltar.
  • Condição de activação (por defeito : nenhuma) *
  • Quando a acção deverá ser executada (por defeito : última vez) *
De maneira a que o símbolo Da Coda seja processado de um modo regular, os campos marcados com um * devem ser deixados com os seus valores por defeito.
Alterando-os, você cria uma interrupção definida pelo utilizador. Por favor leia este capítulo para obter uma lista detalhada de todas as opções.

Saltos incondicionais

Escritos no fim do compasso, estes símbolos indicam um salto para um local especifico.

Da Capo (D.C.)


Salta para o primeiro compasso escrito.
Na janela de edição (duplo-clique no símbolo D.C. com a ferramenta "laço") você pode seleccionar :

  • O Número do compasso onde o símbolo D.C. foi inserido
  • O texto a ser apresentado na partitura.

  • Uma moldura por baixo do campo de entrada do texto pré-visualiza o texto que será apresentado na partitura
  • Acção a ser executada (por defeito, "Vai para o primeiro compasso escrito") *
  • Condição de activação (por defeito : nenhuma) *
  • Quando a acção deverá ser executada (por defeito : Sempre) *
De maneira a que o símbolo D.C. seja processado de um modo regular, os campos marcados com um * devem ser deixados com os seus valores por defeito.
Alterando-os, você cria uma interrupção definida pelo utilizador. Por favor leia este capítulo para obter uma lista detalhada de todas as opções.

Da Segno (D.S. ou Da )

Saltar para Segno.
Na janela de edição (duplo-clique no símbolo Coda com a ferramenta "laço") você pode seleccionar :

  • O Número do compasso onde o símbolo D.S. foi inserido

  • O texto a ser apresentado na partitura.
    Se escrever $S neste texto, esta variável será substituída na partitura pelo símbolo Segno  .
    Se escrever $N neste texto, esta variável será substituída na partitura pelo número do Segno para onde saltar.
    Uma moldura por baixo do campo de entrada do texto pré-visualiza o texto que será apresentado na partitura
  • Acção a ser executada (por defeito, "Vai para segno") *
  • Número de Segno para onde saltar.
  • Condição de activação (por defeito : nenhuma) *
  • Quando a acção deverá ser executada (por defeito : Sempre) *
De maneira a que o símbolo D.S. seja processado de um modo regular, os campos marcados com um * devem ser deixados com os seus valores por defeito.
Alterando-os, você cria uma interrupção definida pelo utilizador. Por favor leia este capítulo para obter uma lista detalhada de todas as opções.

Saltos com condição de activação

Estas acções executam um salto, (como D.C. e D.S. acima) mas assim que este salto é feito, o "Indicador de última vez" para Fine ou Da Coda é activado.
Assim, podemos escrever  :

D.C. al Fine (Da Capo al Fine)


Salta ao primeiro compasso escrito, e contínua a executar até que encontre o próximo símbolo Fine (a música pára aqui).

D.C. al Coda (Da Capo al Coda)


Salata ao primeiro compasso escrito, e contínua a executar até que encontre o próximo símbolo Da Coda (o salto para o codaé então executado)

D.S. al Fine (Da Segno al Fine)


Salta para Segno, e contínua a executar até que encontre o próximo símbolo Fine (a música pára aqui).

D.S. al Coda (Da Segno al Coda)


Salta para Segno,  e contínua a executar até que encontre o próximo símbolo Da Coda (o salto para o coda  é então executado)
Na janela de edição (duplo-clique no símbolo Coda com a ferramenta "laço") você pode seleccionar :

  • O Número do compasso onde o símbolo foi inserido

  • O texto a ser apresentado na partitura.
    Se escrever $S neste texto, esta variável será substituída na partitura pelo símbolo Segno  .
    If you write $C neste texto, esta variável será substituída na partitura pelo símbolo Coda  .
    If you write $N neste texto, esta variável será substituída na partitura pelo número de (Segno or Coda) para onde saltar.
    Uma moldura por baixo do campo de entrada do texto pré-visualiza o texto que será apresentado na partitura
  • Acção a ser executada *
  • Número de Segno ou Coda para onde saltar.
  • Condição de activação *
  • Quando a acção deverá ser executada (por defeito : Sempre) *
De maneira a que os símbolos sejam processados de um modo regular, os campos marcados com um * devem ser deixados com os seus valores por defeito.
Alterando-os, você cria uma interrupção definida pelo utilizador. Por favor leia este capítulo para obter uma lista detalhada de todas as opções.

Exemplos de uso

Aqui estão alguns exemplos de como os símbolos de Salto e Acção Condicional são processados enquanto a música está a ser executad

1
2
3
4
5
6
7
 
 Da 
 
 D.S. al 
 
             

O primeiro tempo do compasso #3 é atingido, o salto para o Coda (Da) não é executado, porque não é a última vez que este compasso será executado, e nenhum símbolo D.S. al coda ou D.C. al coda foi ainda processado.

 
1
2
3
4
 
Fine 
 
 D.C. al Fine
       

O mesmo princípio aqui. Fine é processado somente após D.C. al Fine ter sido executado.


1
2
3
4
5
6
7
8
9
 
Da 
   1.     2. 
 
     
 
   

Aqui, nem D.C. al Coda nem D.S. al Coda foi encontrado enquanto a música estava a ser tocada. Portanto, o salto para o coda no fim do compasso #2 é executado somente na última vez que este compasso for tocado, ou seja, a 3ª vez.



(c) Myriad